quarta-feira, 30 de novembro de 2016

“Desporto na Diferença”


Alunos da Secundária de Vila Verde e do Agrupamento de Escolas de Prado juntaram-se aos idosos do Centro Social do Vale do Homem e do Centro Social e Paroquial de Atiães e aos utentes da APPACDM Braga – CAO de Vila Verde para a actividade “Desporto na Diferença”, que decorreu esta manhã no pavilhão da Secundária.





Esta foi a última actividade integrada na Semana da Pessoa com Deficiência, promovida pelo CLDS-3G Vila Verde, pela Rede Social – Município de Vila Verde e pela APPACDM Braga – CAO Vila Verde, com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude.

“Desporto na Diferença” foi o desafio lançado aos estudantes do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico do concelho, com o objectivo de estimular a sua capacidade de iniciativa, criatividade e a cultura inclusiva.

«Destaca-se a participação dos alunos do 5.º B e do 6.º B do Agrupamento de Escolas de Prado, que apresentaram a concurso jogos originais com uma forte componente de inclusão desportiva e social, tendo sido ambas as turmas igualmente premiadas», destaca a organização da actividade.

Ao longo de toda a manhã, no pavilhão gimnodesportivo da ESVV, os participantes tiveram a oportunidade de experimentar e de jogar em conjunto as actividades desportivas levadas a concurso.

---
Redacção
ovilaverdense




O AE de Prado esteve presente com duas turmas, 5ºB e 6ºB e com as professoras  Regina Freitas e Isabel Macedo.
Esta atividade foi fruto da  participação no concurso "Desporto e Diferença" realizada no âmbito da disciplina de Educação Física. 
O objetivo proposto pelo CLDS 3G de Vila Verde era ambicioso: concepção e apresentação de projetos inovadores, inclusivos e exequíveis por parte de alunos do 2º e 3º ciclos do concelho de Vila Verde, com a criação de um jogo/desporto com forte componente de inclusão desportiva e social.




Os objetivos alcançados foram mais modestos mas igualmente importantes no percurso formativo dos nossos jovens 
permitindo aos alunos trabalharem de forma cooperativa e abordarem os temas da eficiência/deficiência, da valorização da diferença, da prática desportiva para estas populações particulares, visionarem pequenos vídeos/campanhas  de motivação sobre os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro 2016, conhecerem novos desportos como o boccia ou o goalball e aprenderam ainda  a tomar decisões em grupo, respeitando regras democráticas.
Estes alunos foram apresentar os "seus" jogos  "Acerta no triângulo"  e "Paralicidade"  tendo como público-alvo alunos e idosos de várias instituições.

Foi um importante momento de partilha inter-geracional e 
consideramos muito  valiosa e enriquecedora a participação neste concurso.
Profª Isabel Macedo

Sem comentários: