sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Apostamos na prevenção...



 Dia Nacional da Prevenção de Cancro da Mama



30 de outubro de 2016


 E assim se assinalou na EB 2,3 de Prado o 
DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO DO CANCRO DA MAMA



Queremos fazer parte desta onda gigante e contribuir para a prevenção …


Na luta contra o cancro todos contam…             todos contamos…









Prevenir o cancro da mama é o 1º gesto para o vencer…


 



Equipa PES / GAAF

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

30 de outubro - O papel da Escola na prevenção do Cancro da mama... queremos participar nesta ONDA...




Educação para a Saúde e Prevenção do Cancro nas Escolas



Embora se aceite atualmente que o campo de ação da Educação para a Saúde é toda a comunidade, considera-se primordial que seja junto dos alunos que esta ação mais se faça sentir.





A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda mesmo a construção de escolas promotoras da saúde como o modelo mais válido para promover a saúde e a educação para a saúde dos alunos, assim como apela para a importância da formação específica dos professores na área da educação para a saúde.

Esta mesma perspetiva é apoiada pela American Association for Health Education, que enfatiza o desenvolvimento de programas de saúde nas escolas, destinados a promover a qualidade de vida dos alunos.


Uma vez que em idade escolar os jovens se encontram em fase de formação física, mental e social e estão potencialmente mais recetivos à aprendizagem de hábitos e assimilação de conhecimentos, a educação para a saúde é primordial nas escolas. Pretende-se, de um modo geral, preparar o aluno para que, ao deixar a escola, seja capaz de cuidar da sua própria saúde e adotar um estilo de vida caracterizado por comportamentos de saúde positivos, que resulte do desenvolvimento de todas as suas possibilidades físicas, mentais e sociais.

Na verdade, os hábitos de saúde aprendidos durante a infância e idade escolar prolongam-se habitualmente pela idade adulta, pelo que se ensinarmos as crianças e jovens a tomar decisões saudáveis na infância e adolescência, as possibilidades de se tornarem adultos ativos e saudáveis aumentam.

Por tudo isto, a escola deverá ser encarada como uma “avenida” natural para proporcionar aos alunos a aquisição de conhecimentos, atitudes e competências que lhes permitam iniciar, parar ou mudar os comportamentos de saúde e prevenir a doença, nomeadamente a doença oncológica.



O Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama celebra-se a 30 de outubro.
Em Portugal são detetados anualmente cerca de 4000 novos casos de cancro da mama e 1500 mulheres morrem vítimas desta doença. Apesar da gravidade dos números, a taxa de mortalidade tem vindo a diminuir ao longo dos anos.
O cancro da mama é o tipo de cancro mais comum entre as mulheres (não considerando o cancro de pele) e é a segunda causa de morte por cancro na mulher.

Prevenção do cancro da mama
A partir dos 40/45 anos, é aconselhável realizar anualmente uma mamografia por prevenção, além de todos os hábitos de vida saudáveis que devemos adotar o mais precocemente possível.

Solicitamos que no dia 30 (6ºfeira), cada docente distribuísse  aos seus alunos um laço rosa  e fizesse uma breve abordagem a esta temática.

Se entendessem possível sugerimos também que no 2ºciclo visionassem  um pequeno filme (Onda Rosa 15) onde se apela a um estilo de vida saudável e no caso do 3ºciclo,  um filme mais especifico sobre a prevenção do cancro da mama http://www.ipatimup.pt/invivo/.





Na luta contra o cancro, todos contam…todos contamos …



        Equipa PES / GAAF

Gala de mérito tão bem narrada por uma nossa colega...



Celebra-se a escola no trabalho diário, gravado a carvão nas linhas travessas dos cadernos. Desenha-se em páginas alvas e a tinta indelével perfis de mil desejos. Procura-se, no aluvião fértil dos afetos que precede a escola, o apoio primordial que dá alento nas contrariedades. Sustenta-se a celebração na persistência e na firmeza do querer. E os dias são feitos de pequenas conquistas, pequenos triunfos que se agigantam e nos agigantam, lembrando-nos que a gestação do saber se faz paulatinamente, crendo, confiando e porfiando. E, no dia engalanado sob o brilho do sucesso, ritmado pelo orgulho que se faz aplauso, levanta-se alto o braço que já conquistou mais uma etapa, bramindo o troféu que marca mais uma linha do horizonte. Foi assim na escola de Prado, vestida de gala e de mérito.