quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Outubro Rosa, o que é ????

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo.

O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o cancro de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.
Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao cancro de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro tornou-se o mês nacional (americano) de prevenção do cancro de mama.
A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente.
A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

Outubro Rosa é um campanha de consciencialização realizada por diversas Organizações  no mês de outubro dirigida à sociedade e às mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do cancro de mama.









A Associação Cancro com Humor lançou uma campanha pelo pensamento positivo para vencer esta doença. 

 

 

Nas ruas da cidade de Braga, estão expostos 18 cartazes que querem "Despir o Preconceito" contra o cancro.






terça-feira, 29 de outubro de 2013

Dia da Alimentação no JI de Oleiros


No Jardim de Infância de Oleiros no dia da alimentação a maioria das crianças relembrou alimentos saudáveis e não saudáveis e ao visualizarem a história em powerpoint  “O jogo dos alimentos” nomearam  os grupos dos alimentos.


De seguida deliciaram-se com uma espetada de frutas (com a colaboração do Pingo Doce e pais/encarregados de educação).
  Com o jogo da glória de uma forma divertida puderam adquirir noções de uma alimentação saudável.
 Nas salas de atividades as crianças registaram a importância diária da fruta na alimentação.

Jardim de Infância de Oleiros

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Novo desafio DECOJOVEM


SOBRE O DESAFIO


Gestos contra os resíduos 2ªediçãoA Semana Europeia de Prevenção de Resíduos realiza-se de 16 a 24 de novembro e a DECOJovem com a segunda edição do Desafio “Gestos contra os resíduos” pretende novamente sensibilizar os alunos para a importância de não se produzir tantos resíduos.
Sabias que a produção de resíduos tem impactes ao nível ambiental, económico e social?
E que existem vários gestos que podemos colocar em prática no nosso dia-a-dia para reduzir resíduos como:
- Usar sacos reutilizáveis
- Evitar o desperdício alimentar
- Colocar autocolante “PUBLICIDADE AQUI NÃO” na caixa de correio
- Doar roupa/equipamentos que já não são usados
- Escrever nos dois lados da folha
- Reduzir as impressões e utilizar a opção frente e verso
- Preferir produtos com menos embalagem
- Preferir produtos recarregáveis/reutilizáveis
- Preferir produtos com o rótulo ecológico europeu
- Preferir produtos a granel ou em formatos grandes
- Pedir emprestado ou alugar as ferramentas/materiais/bens
- Preferir a água da torneira à engarrafada
- Fazer compostagem


COMO PARTICIPAR?
Coloca em prática um destes gestos, tira uma fotografia original e escreve uma frase sobre a importância da prevenção de resíduos.
 

Envia a fotografia juntamente com a frase até 19 de novembro 
                                                                                            ( Atenção ao PRAZO)

E lembra-te que o pretendemos é saber o que fazes para prevenir a produção de resíduos e não o que fazes com os resíduos já produzidos (recolha seletiva/separação/reciclagem).
 

Pede ajuda ao teu professor! :)


HÁ PRÉMIOS?
As melhores fotografias farão parte da fotogaleria que a DECOJovem vai lançar durante a Semana Europeia de Prevenção de Resíduos. E também teremos prémios para oferecer!


QUEM PODE PARTICIPAR?
Todos os alunos do ensino básico, secundário/profissional .

Só serão aceites fotografias a título individual.

QUAIS AS REGRAS?
- O aluno não deve aparecer de forma a que possa ser identificado
- Não serão aceites a concurso trabalhos em formato digital (construídos no powerpoint ou outros programas informáticos)
- Preencher todos os dados pedidos na submissão da fotografia
- A frase sobre a importância da prevenção de resíduos deve ser colocada no campo da descrição (não colocar na fotografia)



E deixamos-te uma sugestão: aposta na criatividade e passa a palavra divulgando a fotografia junto dos teus colegas, amigos e familiares!

Os resultados serão anunciados no Facebook da DECOJovem
Contamos contigo!



Se participares, por favor envia também a foto e o respetivo comentário para o e-mail gaafprado@escolasprado.com para que possamos também divulgar os trabalhos dos  nossos alunos neste blogue ...  :)

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Dia Mundial da Alimentação no Centro Escolar de Cabanelas

 Espetadas de fruta...Que boa ideia...



Para assinalar o Dia Mundial da Alimentação optamos por fazer espetadas de fruta. 
A maior parte foi trazida pelos alunos, outra foi conseguida através do Projeto de Educação Para a Saúde. 
 
Com a fruta que sobrou ainda foi possível confecionar salada de fruta.

Ficou uma delícia!
Ao longo da semana o tema foi trabalhado, nas diversas turmas, tendo sido construído um mural com os trabalhos realizados. 
 
Profª Alexandrina Rodrigues

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Escola = Solidariedade






 
Para ajudar uns familiares de um aluno nosso do 6ºD, uns recentes e jovens papás sem grandes recursos financeiros, recolhemos junto da Comunidade Educativa roupa e outros utensílios,  úteis a quem tem um bebé recém-nascido.






Contamos com o sentido de solidariedade de muitos docentes e não docentes, que quiseram colaborar com um jovem aluno que manifestou intensa vontade de ajudar quem necessita … e procurou junto da escola intenções que se aliassem  à dele…


Recolhemos biberões, fraldas, roupa e ontem, dia 21 de Outubro, fizemos já a entrega deste material  .
 
 
Obrigado a todos quantos colaboraram, ajudaram a dar um "colinho" extra a este bebe e deram o seu valioso contributo para uma melhor saúde dessa família…
 
 


A equipa da Educação para a Saúde
 

domingo, 20 de outubro de 2013

Osteoporose ? O que é e como a poderemos prevenir...

Dia Mundial da Osteoporose


 
"Ame os seus ossos - Love your bones" é o nome da campanha mundial que pretende sensibilizar a população para os cuidados a ter na prevenção da osteoporose, para o diagnóstico precoce e tratamento, através duma alimentação saudável e do exercício físico.




Dia Mundial da Osteoporose

Com o objectivo de transmitir a principal mensagem da iniciativa: "Abrace uma vida activa, Abrace os alimentos ricos em cálcio e Abrace a Vitamina D", a SPODOM está a promover uma iniciativa online "Faça parte desta corrente inquebrável" onde os interessados pode dar o seu apoio às pessoas que sofrem desta doença, através do site www.worldosteoporosisday.org.

Toda a campanha será divulgada através de cartazes e folhetos informativos distribuídos pelos centros de saúde e hospitais de norte a sul do país. Estes são ilustrados com imagens que salientam essencialmente as três mensagens deste ano:

• A importância do exercício físico e de uma vida activa para manter um bom pico de massa óssea e para ajudar a prevenir ou retardar a sua perda;

• A importância do consumo de alimentos ricos em cálcio, um dos alimentos mais importantes do corpo humano e que todas as células necessitam, essencial para o crescimento e para manter a massa óssea e que pode ser encontrado no leite e derivados, nos legumes verdes, nos cereais, nos frutos secos e no peixe;

• E finalmente a importância da vitamina D através de uma exposição ao sol adequada e cuidada, que é essencial para o crescimento e reparação dos ossos e ajuda o organismo a absorver o cálcio. Apesar da exposição regular ao Sol ser suficiente na maioria dos casos para atingir as doses diárias recomendadas, há outras fontes naturais desta vitamina como os óleos de fígado de peixe, o peixe de água salgada, ovos, carne leite e manteiga.


Em simultâneo, no dia em que se assinala a efeméride, e no contexto da principal mensagem da campanha "Abrace", a IOF está a organizar um abraço mundial que deve decorrer em todos os países aderentes à mesma hora local. Em Portugal esta acção ocorre às 14:06 e o objectivo é que naquele momento todas as pessoas abracem a pessoa que está mais próxima, de modo a chamar a atenção para a importância de prevenir a osteoporose.




Para que fiques a saber um pouco mais sobre o que é a Osteoporose...

 


A Osteoporose afecta cerca de 200 milhões de mulheres e 2 milhões de homens em todo o mundo. É uma doença óssea degenerativa, caracterizada pela diminuição da densidade óssea e deterioração da microarquitectura do tecido ósseo, provocando um aumento do risco de fractura. Ocorre quando a densidade óssea diminui mais depressa do que o corpo consegue substituí-la.



Como resultado, os ossos ficam tão frágeis que qualquer queda ou mesmo um movimento mais brusco pode resultar numa fractura óssea. É considerada uma "doença silenciosa", uma vez que não apresenta quaisquer sinais ou sintomas até se verificar a fractura, daí a prevenção ser fundamental para evitar o seu desenvolvimento. Todas as mulheres pós-menopáusicas e todos os homens com mais de 50 anos devem ser avaliados por um médico reumatologista para determinar a existência de factores de risco para a doença.


Por outro lado, existem factores de risco que não podem ser alteráveis, como historial familiar de fractura, idade superior a 65 anos ou baixa estatura. No entanto, outros, como um estilo de vida sedentário, consumo de tabaco e bebidas alcoólicas ou uma alimentação pobre em cálcio podem fazer toda a diferença na estatura óssea.

A Osteoporose não é uma doença rara. As mulheres têm maior risco de vir a ter osteoporose do que cancro da mama, dos ovários e do útero. Uma mulher caucasiana de 50 anos tem um risco de 16 por cento de sofrer uma fractura vertebral na sua vida.

No caso dos homens, existe maior risco de ter esta doença óssea do que cancro da próstata. Estima-se que a cada três segundos ocorre no mundo uma fractura osteoporótica e, em casos mais graves, 20 por cento das pessoas que sofrem uma fractura da anca morrem nos seis meses seguintes.

Manter um estilo de vida e alimentação saudáveis, praticar exercício e reduzir o risco de queda no dia-a-dia são algumas das medidas a adoptar que podem reduzir a probabilidade de desenvolver uma má formação dos ossos.


INOVA! Coloca a tua criatividade à prova...


                                              
INOVA!

              JOVENS CRIATIVOS, EMPREENDEDORES PARA   O SÉCULO XXI

                    
 MANUAL/REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS 2013/14




1. OBJETIVOS
Através de um concurso de ideias, a iniciativa INOVA! visa: Estimular o espírito empreendedor, criativo e inovador das crianças e dos jovens;
 Desenvolver um ambiente propício à inovação e à criatividade;
 Fomentar nos jovens a capacidade analítica, estimulando a reflexão, o espírito crítico, a capacidade de
expressão e de argumentação, a imaginação e a criatividade em contexto de deteção de
oportunidades de negócios;
 Fomentar a capacidade para identificar problemas do meio circundante e de gerar ideias criativas e
inovadoras com capacidade para configurar novas soluções;
 Incentivar a assunção do risco;
 Proporcionar a experiência de participação numa competição;
 Promover o trabalho em equipa;
 Premiar e divulgar as ideias mais inovadoras;
 Desenvolver novos paradigmas, novas formas de pensar e agir.
2. PERFIL DE PROJETOS
Convidam-se as crianças e os jovens a desenvolverem ideias criativas, que venham a traduzir-se em projetos inovadores. É dada total liberdade quanto ao tipo de ideia de inovação.
3. DESTINATÁRIOS
Podem concorrer equipas de alunos/formandos, acompanhados por um professor/formador, a frequentar o ensino básico e o ensino secundário, em escolas públicas ou privadas, ou em centros de formação profissional, designadamente:
a) 1.º e 2.º ciclos do ensino básico;
b) 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário.

4. FORMULÁRIO DE CANDIDATURA
Para participar no Concurso, as equipas devem preencher o Formulário de Candidatura ao Concurso de Ideias INOVA! 2013/14, disponível para download nos sítios da internet dos promotores:
a) http://www.anqep.gov.pt/
b) http://www.bancodeinovacaosocial.pt
c) http://www.dge.mec.pt/
d) http://www.dgeste.mec.pt/
e) http://www.ei.gov.pt/
f) http://www.iapmei.pt/
g) http://juventude.gov.pt/
5. ANEXOS AO FORMULÁRIO
A candidatura ao Concurso INOVA poderá conter, em anexo ao Formulário de Candidatura, outros documentos (ex.: formato MS PowerPoint, vídeo), sempre que, em apresentações, não se exceda os 20 slides, e em vídeos, os três minutos.
6. IDENTIFICAÇÃO DO PRÉMIO A QUE CONCORRE
No Formulário de Candidatura ao Concurso de Ideias INOVA! deve de ser identificado o prémio ao qual é apresentada a candidatura por cada equipa de alunos/formandos e professores/formadores (identificação no ponto 3 deste regulamento). Cada estabelecimento de ensino ou de formação pode apresentar até um máximo de seis candidaturas, observados os seguintes limites:
 Prémio INOVA Atitude:
 Uma candidatura, promovida por alunos do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico.
 Prémio INOVA Criatividade:
 Uma candidatura, promovida por alunos do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico;
 Uma candidatura, promovida por alunos/formandos do 3.º ciclo do ensino básico e do
ensino secundário.
 Prémio INOVA Social:
 Uma candidatura, promovida por alunos do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico;
 Uma candidatura, promovida por alunos/formandos do 3.º ciclo do ensino básico e do
ensino secundário.
 Prémio INOVA Negócio:
 Uma candidatura, promovida por alunos/formandos do 3.º ciclo do ensino básico e do
ensino secundário.
7. FORMALIZAÇÃO DE CANDIDATURAS
As candidaturas devem ser formalizadas de acordo com a região de origem, através do envio dos Formulários de Candidatura ao Concurso de Ideias INOVA!, devidamente preenchidos, para as correspondentes moradas eletrónicas dos Serviços da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares:
a) NUT II Norte: jose.silva@dgeste.mec.pt
b) NUT II Centro: helena.cardoso@dgeste.mec.pt
c) NUT II Lisboa e Vale do Tejo: emnop@dgeste.mec.pt
d) NUT II Alentejo: miguel.nazareth@dgeste.mec.pt
e) NUT II Algarve: laureta.basto@dgeste.mec.pt
8. AVALIAÇÃO DOS PROJETOS – SELEÇÃO REGIONAL
As candidaturas são sujeitas a uma avaliação e seleção regional, de acordo com os critérios e prémios definidos para a edição 2014.
8.1. O júri regional é constituído por representantes das seguintes entidades:
 ANESPO – Associação Nacional de Escolas Profissionais
 BIS – Banco de Inovação Social, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
 DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares
 IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I. P.
 IEFP- Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.
 IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P.
 E outras entidades, ou pessoas de reconhecido mérito, a convite das entidades promotoras.
8.2. Para a seleção regional, o júri considera a análise dos projetos constantes nos Formulários de
Candidatura ao Concurso de Ideias INOVA! e a defesa presencial dos projetos. Sempre que o número
de candidaturas submetidas a concurso regional exceda as seis candidaturas por cada um dos
prémios, o júri regional procederá a uma pré-seleção relativamente aos prémios em que se verifique
um excesso do limite máximo de candidaturas. Esta pré-seleção atende, em exclusivo, às
informações constantes no Formulário de Candidatura ao Concurso de Ideias INOVA! e respetivos anexos. Através desse processo, identificam-se o limite máximo de trinta e seis candidaturas, seis por cada um dos prémios, que farão a respetiva defesa presencial perante o júri regional.
8.3. A nível regional, por cada NUT II, são selecionadas para estarem presentes na final nacional, seis candidaturas, observados os seguintes limites:
 Uma candidatura ao prémio INOVA Atitude (um projeto do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico);
 Duas candidaturas ao prémio INOVA Criatividade (um projeto do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico; um projeto do 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário);
 Duas candidaturas ao prémio INOVA Social (um projeto do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico; um projeto do 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário);
 Uma candidatura ao prémio INOVA Negócio (um projeto do 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário).
9. AVALIAÇÃO DOS PROJETOS – FINAL NACIONAL
Considerando os projetos constantes nos Formulários de Candidatura ao Concurso de Ideias INOVA!,respetivos anexos, e a defesa presencial na Final Nacional, as candidaturas são avaliadas por um júri nacional, constituído por representantes das seguintes entidades:
 ANQEP – Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, I. P.
 BIS – Banco de Inovação Social, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
 DGE – Direção-Geral da Educação
 DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares
 IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I. P.
 IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P.
 E outras entidades, ou pessoas de reconhecido mérito, a convite das entidades promotoras.

10. CONSTITUIÇÃO DAS EQUIPAS DE PROJETO
Não existe limite relativamente ao número máximo de elementos por equipa de projeto, no entanto, a defesa presencial implica que as equipas identifiquem no Formulário de Candidatura ao Concurso de Ideias INOVA! os elementos que as representam, num máximo de três: um professor/formador e dois alunos/formandos.
11. PRÉMIOS
11.1 Prémios INOVA Atitude, INOVA Criatividade, INOVA Social, INOVA Negócio, INOVA 2014.
INOVA Atitude: melhor solução para um problema da escola, identificado pelos alunos, que revele uma atitude empreendedora ; Exclusivo para 1.º e 2.º ciclos do ensino básico; 500,00 EUR (quinhentos euros)
INOVA Criatividade: projeto mais criativo; novas ideias; novas soluções; novas maneiras de combinar recursos ; 

1.º e 2.º ciclos do ensino básico. 500,00 EUR (quinhentos euros)
3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário.500,00 EUR (quinhentos euros)
INOVA Social: elaboração de uma resposta inovadora de valor e impacto social a uma necessidade identificada, potencialmente sustentável.

1.º e 2.º ciclos do ensino básico.500,00 EUR (quinhentos euros)
3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário 500,00 EUR (quinhentos euros)
INOVA Negócio: melhor projeto de inovação conducente a um negócio economicamente viável.

Exclusivo para 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário 500,00 EUR (quinhentos euros)
INOVA 2014: melhor projeto nacional na edição 2013/2014. Terá de ser um dos seis projetos premiados, conforme descrição supra. Sairá de uma votação na final nacional, efetuada pelas equipas finalistas presentes.1000,00 EUR (mil euros) Os prémios pecuniários são atribuídos à respetiva escola.

11.1.1 Critérios
Na avaliação das candidaturas, os júris regional e nacional atendem aos seguintes critérios: Inovação e Criatividade (novas metodologias/processos/procedimentos e produtos; elemento diferenciador face ao mercado, originalidade das ideias; capacidade imaginativa);Viabilidade (potencial de execução/concretização da ideia); Envolvimento da comunidade (mobilização e envolvimento da comunidade - escolar/autarquia/
outras entidades locais/ regionais/nacionais); Planeamento e organização (fases do projeto, funções de cada elemento da equipa, dinâmicas de trabalho cooperativo, mobilização de recursos humanos e materiais); Potencial do impacto social (grau de relevância na construção e desenvolvimento de soluções inovadoras para as necessidades identificadas; identificação das consequências decorrentes da potencial implementação do projeto, efeitos esperados face ao público-alvo); Potencial do impacto económico (validade do modelo de negócio; resultado potencial da implementação do negócio em termos de valor local - escola, rua/bairro, cidade/região, de vendas a realizar e de emprego a criar; efeitos positivos no contexto do negócio); Comunicação (originalidade, capacidade de síntese, expressão e argumentação na apresentação presencial).
11.2 Prémio INOVA Escola
Cada escola ou centro de formação pode candidatar-se ao prémio INOVA ESCOLA, caso demonstre evidências do desenvolvimento de uma cultura empreendedora.
O Prémio assume o valor de 500,00 EUR (quinhentos euros).
As candidaturas são apresentadas através do Formulário de Candidatura ao Prémio INOVA Escola, disponível para download nos sítios da internet dos promotores.
As escolas ou centros de formação enviam as candidaturas para os endereços constantes no ponto 7 deste regulamento, até ao dia 3 de março de 2014, sendo estas analisadas pelo júri nacional. O prémio será atribuído na cerimónia da Final Nacional do concurso de ideias INOVA - Jovens Criativos, Empreendedores para o Século XXI.
11.2.1 Critérios
Na avaliação das candidaturas ao Prémio INOVA Escola, o júri nacional considera os seguintes critérios:
a) Planeamento e desenvolvimento (projeto educativo, plano de atividades, desenvolvimento, recursos e práticas);
b) Continuidade de projetos e/ou atividades (projetos e/ou atividades no âmbito da Educação para o Empreendedorismo desenvolvidas ou em desenvolvimento, desde 2007/2008);
c) Transversalidade curricular (transversalidade curricular dos projetos e/ou atividades: (i)
disciplinas/domínios de formação envolvidos; (ii) áreas não disciplinares/atividades de
complemento curricular envolvidas);
d) Intervenientes (intervenientes no processo de desenvolvimento dos projetos e/ou atividades: professores/formadores; alunos/formandos; outros elementos da comunidade);
e) Parcerias (parcerias estabelecidas com entidades externas no desenvolvimento dos
projetos/atividades no âmbito da Educação para o Empreendedorismo);
f) Resultados e/ou impactos (resultados e/ou impactos específicos dos projetos e/ou atividades na escola/centros de formação e na comunidade envolvente (rua, bairro, cidade, região, país).
g) Formação de professores/formadores e outros agentes educativos (formação inicial ou
contínua em Educação para o Empreendedorismo).

12. DISTINÇÃO INOVA MUNICÍPIO
Distinção de um município pela sua cultura empreendedora.
A seleção do município vencedor será apurada segundo a seguinte fórmula:
Pontuação Final = 0,25 A + 0,25 B + 0,5 C
Em que:
A. Número de escolas que apresentaram projetos a concurso, face ao número total de escolas do município;
B. Número de projetos apresentados a concurso, face ao número de alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclosdo ensino básico e do ensino secundário, do município;
C. Média da pontuação final dos projetos apresentados pelo município e avaliados pelo júri
regional.
Valoração a atribuir a cada critério: escala de zero a dez valores.
13. PROMOTORES
ANQEP – Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, I. P.
BIS – Banco de Inovação Social, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
DGE – Direção-Geral da Educação
DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares
IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I. P.
IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P.
14. CALENDÁRIO
Envio de candidaturas: até 3 de março de 2014;
Finais regionais: entre 22 e 28 de abril de 2014;
Final Nacional: 6 de junho de 2014.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

livro "Alimentação Inteligente - Coma melhor, poupe mais"


O livro "Alimentação Inteligente - Coma melhor, poupe mais" foi o vencedor do Prémio Nutrition Awards 2013
Alimentação Inteligente - Coma melhor, poupe mais O livro foi  editado pela DGS/Edenred no âmbito do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, sendo possível descarregar gratuitamente aqui.
O prémio foi revelado na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, numa iniciativa que integrou as comemorações do Dia Mundial da Alimentação. O prémio Nutrition Awards distingue os melhores projetos nacionais nas áreas da inovação no setor agroalimentar, produção nacional e promoção de estilos de vida saudáveis.
A iniciativa é promovida pela GCI e pela Associação Portuguesa de Nutricionistas, conta também com o apoio institucional do Governo de Portugal.
Os vencedores vão poder dispor de um selo de reconhecimento de qualidade e distinção, que poderão utilizar como reforço na credibilização dos seus produtos, serviços e projetos.


quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Torneio de Captação do Desporto Escolar / Andebol Feminino



O Ano DESPORTIVO JÁ COMEÇOU COM ESTE TORNEIO QUE SE REALIZOU NO PASSADO DIA 14 DE OUTUBRO.

ESTÁ INTEGRADO NO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DO AGRUPAMENTO COM OS SEGUINTES OBJECTIVOS

* PROMOVER A FORMAÇÃO DESPORTIVA DOS ALUNOS.

* DESENVOLVER O ESPÍRITO DE INICIATIVA E A COOPERAÇÃO ENTRE OS ELEMENTOS DA TURMA / EQUIPA.

* PROPORCIONAR AOS ALUNOS SITUAÇÕES CONCRETAS DE COMPETIÇÃO ONDE POSSAM APLICAR OS CONHECIMENTOS E AS COMPETÊNCIAS ADQUIRIDAS NAS AULAS CURRICULARES E ONDE POSSAM EXTERIORIZAR AS SUAS POTENCIALIDADES.

* DESCOBRIR NOVOS TALENTOS PARA INTEGRAR O GRUPO/EQUIPA DE ANDEBOL INFANTIS FEMININOS DO DESPORTO ESCOLAR.

       

ESTE TORNEIO DESTINOU-SE às ALUNAS  DAS TURMAS DO 5º, 6º E 7º ANOS, SENDO QUE PARA O E ANOS, O TORNEIO SE REALIZou DURANTE A MANHà E  PARA O 7º ANO,  DURANTE A TARDE.


O SECRETARIADO E A ARBITRAGEM DOS JOGOS ESTEVE A CARGO DE ALUNOS COLABORADORES E A ORGANIZAÇÃO E DINAMIZAÇÃO DOS VÁRIOS TORNEIOS FOI DA RESPONSABILIDADE DO SUBDEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO ESCOLAR.

Vencedoras:

5ºano --»  Turmas B e C
6ºAno --»  Turma D
7ºAno --»  Turma D

Parabéns a todas as participantes e desejamos poder contar com os seus "dotes andebolísticos" nos treinos semanais do Desporto escolar...