segunda-feira, 26 de março de 2018

Vale sempre mais prevenir que remediar...

Sarampo
Solicita a DGS a divulgação da seguinte nota:

“A vacinação de acordo com o Programa Nacional de Vacinação é a principal medida de prevenção, é gratuita e está disponível para todas as pessoas presentes em Portugal.
O sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiosas podendo provocar doença grave, principalmente em pessoas não vacinadas.
Importa assim garantir que toda a comunidade escolar esteja informada e alerta sobre os cuidados a ter.
Neste sentido a Direção-Geral da Saúde informa:
  1. O vírus do sarampo é transmitido por contacto direto com as gotículas infeciosas ou por propagação no ar quando a pessoa infetada tosse ou espirra. Os doentes são considerados contagiosos desde 4 dias antes 4 dias depois do aparecimento da erupção cutânea;
  2. Os sintomas de sarampo aparecem geralmente entre 10 a 12 dias depois da pessoa ser infetada e começam habitualmente com febre, erupção cutânea (progride da cabeça para o tronco e para as extremidades inferiores), tosse, conjuntivite e corrimento nasal;
  3. Assim, recomenda-se:
i.   Verifique o seu boletim de vacinas; se necessário vacine-se e vacine os seus;
ii.   Se esteve em contacto com um caso suspeito de sarampo e tem dúvidas ligue para o SNS24 - 808 24 24 24;
iii.    Se tem sintomas sugestivos de sarampo evite o contacto com outros e ligue para o SNS 24 - 808 24 24 24;
  1. Em pessoas vacinadas a doença pode, eventualmente, surgir com um quadro clínico mais ligeiro e menos contagioso;

    i024442
  1. As pessoas que já tiveram sarampo estão imunizadas e não voltarão a ter a doença.
  2. Poderá recorrer a materiais de divulgação em https://www.dgs.pt/paginas-de-sistema/saude-de-a-a-z/sarampo1/materiais-de-divulgacao.aspx
  3. Junto se envia link para vídeo sobre sarampo https://youtu.be/1_NTw6rw0o0
  4. Para mais informações sobre sarampo, consulte o site da Direção-Geral da Saúde, em https://www.dgs.pt/saude-publica1/sarampo.aspx. “ 
 Equipa PES / GAAF

Sem comentários: